Archive | tendencies RSS feed for this section

Casamento

17 dez

Eis que acabo de voltar de um casamento delicioso à luz do dia.

Um casal de amigos dos meus pais acabaram de se casar no Parque São Miguel (São Carlos), que na minha opinião é um dos lugar  mais lindos – quiçá o maior – de todos para se casar ou comemorar um momento especial.

Foi um casamento com cerimônia ao estilo Celta e ao ar livre. A decoração do salão estava linda, as músicas foram do samba ao  flash back e os  convidados tão descontraídos e animados quantos os noivos.

Aí vão algumas fotos da festa:

Eu

Eu e minhas irmãs

Salão

Eu de novo!

 

Cheguei em São Carlos quarta-feira e desde então quase não parei em casa. Espero que as férias continuem assim agitadas!

 

Beijos!

Especial Rock in Rio – balanço geral

5 out

Quando divulgaram a lista de bandas que iriam tocar no Rock in Rio 2011, nem me empolguei muito…afinal, não tinha nenhuma banda que eu fosse realmente fã!! Embora tivesse bandas que eu adorasse, como Jota Quest, Coldplay, Monobloco…e cantores como Joss Stone, Janele, D2, Shakira, Lenny, entre outros….na dúvida entre o dia do Coldplay e o dia da Shakira, optei pelo dia 30 (Monobloco, D2, Jota Quest, Ivete, Lenny Kravitz e Shakira), porque minha irmã e a Stacy preferiram! Não me arrependi, mas deveria ter comprado o dia do Cold também!

Nem estava tão empolgada…até chegar na  Cidade do Rock!!!

Sem exagero, nunca tinha ido a um evento tão enorme e tão organizado. Único festival grande que eu fui, foi o Planeta Atlântida de Floripa, que já fui duas vezes, e o último foi péssimo.

Enfim, organização impecável! Pensa num banheiro LIMPO!! com PAPEL HIGIÊNICO!! PIA!! pra ficar perfeito, só faltava um espelhinho…mas aí já era pedir demais, tava bom do jeito que tava!

Não enfrentei nenhuma fila para comer…máximo que esperei pra conseguir comprar foi coisa de 2 minutos! No início achei que só tinha Bob’s (e bem carinho, mas  normal, como em qualquer show ou jogo no maracanã ou engenhão), até dar uma volta pela Rock Street. Lá tinha tudo o que você pode imaginar de comida, me realizei! Tinha Koni, Casa da Empada, tinha tapioca,  frozen yogurte, sorvete, Domino’s,  pipoca, entre outras delícias! Ainda na Rock Street tinha um coreto com uma banda tocando vários hits de pop e rock nacional e internacional, tava muito boa e bem animada!

Visto pela TV aquilo parece um mundaréu de gente e que andar alí deve ser impossível. Não é! Só estando lá pra ter a dimensão de quão grande é aquele lugar. Na TV parece que todo mundo tá amontoada, como formigas num formigueiro – mas não. Era tranquilamente possível circualar no meio  da multidão, tinha espaço pra dançar, pular, e se estiver cansado, até pra sentar durante o show! Exceto no show da Shakira, que o povo se amontoou e surgiram vários fãzinhos nervéticos e insuportáveis, fora isso…os shows foram maravilhosos!

Pouco vi do show da Ivete, foi a hora que fomos dar uma voltinha na Rock Street e não voltamos mais…hahaha peguei acho que as 4 músicas finais, e posso dizer que não tem igual.Já vi alguns shows da Ivete antes, e energia como a dela não há. É única. Fãs de todos os gostos musicais cantavam suas músicas, pulavam, vibravam!

Na minha opinião, Lenny poderia ter tocado mais hits. O show foi maravilhoso, ele canta demais e a banda dele era surreal de boa! Mas o público muitas vezes (ou quase sempre) ficou apático, desanimado, morto. Faltou músicas conhecidas, faltou estímulo pro público.

E o que era Shakira? Além de cantora e dançarina, ainda interpretou sobre o palco. Foi lindo, umas cenas meio mexicanas, mas que era a cara dela. Dançava que era uma loucura, só ela pra remexer as cadeiras daquele jeito. Barriga dos sonhos!! ❤  Parecia o coelhinho da Duracell, ligada no 220v, explorou todos os cantos do palco. Adorei!

Lá pelas tantas, estávamos todas podres. Comemos (de novo), e foi aí que enfrentamos um certo perrenguinho…na hora de ir embora! Estava tudo bem até então, mas a organização na hora da saída, de pegar os ônibus, deixou a desejar. Esperta que sou, no caminho para o Alvorada, já fui ligando para todas as cooperativas de táxi, mas nenhuma estava buscando no Alvorada. Jeito foi pegar mais um bus…

Balanço geral: valeu muito à pena! Me arrependi em não ter ido no dia do Coldplay e Maroon 5. Em 2013 irei todos os dias que tiverem bandas que gosto, mesmo que isso acarrete em uma Bia morta no fim da semana.

Ufa, fim da bíblia. Amém!

Agora umas fotos do dia:

Antes de partir

Antes de partir (2)

Rock Street

Palco eletrônico (fiasco! odeio, não fiquei nem 2 minutos alí)

Durante o show do Lenny

Lenny Kravitz

Shakira

Final com fogos

Triya Verão 2012

6 jun

Nesse meio tempo sem postar, até fiz 23 anos!ahahah e volto agora depois de alguns dias pra postar algumas fotos do backstage da Triya no Fashion Rio.

Pra quem não sabe, trabalhei de vendedora na loja da Garimpeiros em SP e fui no Fashion Rio pra ajudar as meninas no backstage…foi tranquílissimo, tava tudo super bem organizado, tudo engatilhado! Conseguimos até ver o desfile, que foi lindo, diga-se de passagem!

A inspiração da Bela Frugiuele (estilista) para a coleção foi a de uma mulher profunda, então as roupas tem inspiração nas profundezas do mar…quando você  olha a coleção como um todo, vê vários elementos que remetem às sereias…como saia longuete colada ao corpo com estampa metalizada, vestidos transparentes com paetês furta-cor…Aliás, furta-cor é o que não faltou na coleção, cor esta que remete ao interior das conchas! Das pedrarias bordadas às peças até o chão da passarela (em que quadradinhos de plástico furta-cor foram espalhados por todo o comprimento da mesma, causando um efeito lindo de água)!

Bela Frugiuele, a estilista

Sem falar nos recortes e na estamparia digital, que é clássica da marca…estava tudo muito lindo e elegante!

(via hiperfashion)

A beleza foi de Daniel Hernandez. Sombra degradê multicolorida que é a cara da Triya, corpos levemente bronzeados e cabelos molhados.

Os sapatos são da nova parceria da Triya com a designer de sapatos londrina Kat Maconie…aliás, que sapatos eram aqueles?!?!?

(via ffw)

Os acessórios são da marca Steff da fofa da Tetê (Stefânia Feder), que eu conheci no dia do desfile, e da irmã dela a Daniela Feder. Uma coisa mais linda que a outra!

E por fim, eu, no backstage:

Beijos, boa semana!

color & stripes by MNG

17 maio

A tendência Color Block (ou blocking)  já está pegando no Brasil. Pra quem não sabe, Color Block quer dizer “Blocos de cores”, ou seja, misturar cores vibrantes em um mesmo look, seja na roupa ou nos acessórios. O macete está na combinação das cores. Jogar uma sandália amarela com uma calça jeans azul royal e uma blusa preta, ou uma blusa nude, uma saia vermelha e acessórios roxos…e por aí vai!

Babei com o editorial da Mango (marca espanhola com lojas no Brasil) que mistura o color block com as listras, vejam só:

white summer

23 dez

 

Gostei dessa roupa, e aproveitando pra vender meu peixe, a Triya tá com uma blusa bem parecida:

 

 

R. Garimpeiros, 21 – Itaim Bibi!

 

 

Transparência: é tendência!

7 nov

Já deu pra ver que o verão 2011 vai bombar de transparência, e isso dá margem ao uso de vááários tipos de tops/sutiãs para usar por baixo das blusas e vestidos. O desafio é: usar a roupa certa com os acessórios certos para não cair no vulgar! Ou seja, isso vai depender da escolha de acordo com seu tipo de corpo.

Na última edição do SPFW e do Fashion Rio teve transparência para tudo quanto é lado, chequem só:

(Cláudia Simões)

(Graça Ottoni)

(Mara Mac)

(Nica Kessler)

(Totem)

(Cavalera)

(Animale)

(Cavalera)


(Cavalera)

(Colcci)


(Colcci) – transparência neles também?!

(Ausländer)

Algumas celebs usando a transparência:

 

 

(via blogdalelesaddi)

Aqui algumas do lookbook:



Usarão?? Eu adoro!

Besos

%d blogueiros gostam disto: